História do caso

Projetos selecionados

VESTUÁRIO ESPORTIVO

 
A parceria com importantes empresas esportivas do território permitiu ao RadiciGroup experimentar e pesquizar no setor do vestuário esportivo, chegando na realização de peças de vestuário técnico de alto desempenho e inovadoras em colaboração com alguns de seus clientes.
 
A 100% nylon, 100% recyclable waistcoat
Um colete 100% nylon, 100% reciclável
Um novo colete, realizado com exclusividade para o Sci Club do RadiciGroup, mas que brevemente poderá se tornar um peça insubstituível para atletas ou não atletas.

Realizado com o fio Raditek® Fine do RadiciGroup - fio de poliamidas a alta tenacidade, patenteado para usos de alta tecnologia tais como velas e para-quedas - torna o tecido fortemente resistente à laceração e abrasão, sempre mantendo a sua intrínsica leveza. É além disso estudado para resistir aos raios UV e garantir os seus desempenhos ao longo do tempo.

Com exceção da confecção, efetuada na Alemanha, todos os outros trabalhos foram realizados na Itália, mais precisamente na Lombardia.

No tecido foi aplicado um tratamento anti-gota PFC-Free. O acolchoamento em fiberballs, foi realizado com o RADILON® staple fibre com silicone, também do RadiciGroup: este representa uma ótima alternativa à pena de ganso, garante calor e leveza e é além disso hipoalergênico.

No que concerne a parte “acessórios”, o zíper foi realizado em poliamidas, enquanto os cordões – estes também em nylon - contêm um percentual mínimo de elastômero de forma a permitir a reciclabilidade.

A peça foi pensada, projetada e realizada segundo a abordagem do eco-design: ao final da vida, portanto, o colete será retalhado, picado, retrabalhado termo-mecanicamente em extrusão e remodelado para dar uma nova vida no mundo plástico: um dos desafios mais importantes para o RadiciGroup hoje é justamente aquele de fazer de modo que todos os descartes ou os materiais de recuperação do mundo têxtil se tornem nova matéria plástica: este é o único caminho a ser percorrido para uma indústria têxtil das fibras sintéticas verdadeiramente sustentável.

A colaboração entre entidades especializadas dentro de um setor curto e sustentável, permitiu a realização de uma peça que não somente une desempenhos técnicos elevados com conforto, estilo e fácil manutenção, ma que já possui dentro de si a sua segunda vida.
 
 
 

 
In the saddle with recycled polyester and the comfort of Polyamide
Na sela com o poliéster reciclado e o conforto da poliamida
Uma malha realizada para os Ciclistas de Val Gandino. Se trata de uma malha inteiramente realizada com fio contínuo r-Radyarn® do RadiciGroup, poliéster, isto é, derivado da reciclagem das garrafas comuns de plástico: em relação ao poliéster virgem, 1 kg de PET reciclado não somente dá uma segunda vida ao plástico, mas requer meno senergia (-45%) e permite emitir até 3 kg de CO2 a menos.

As peças de vestuário realizadas com fios de poliéster se caracterizam por uma ótima tenacidade e resiliência, uma elevada resistência à abrasão, uma boa resistência aos agentes químicos e físicos, além de um elevado módulo de elasticidade. O poliéster é além disso uma fibra hidrofóbica, as peças de vestuário portanto se secam rapidamente. Outro aspecto importante, no que concerne as personalizações, é a facilidade de estampa nos tecidos em poliéster.

As calças são por outro lado realizadas em poliamidas (com tecido Sensitive Fabrics® de Eurojersey) que garante leveza, conforto em contato com a pele, absorção do suor e transpirabilidade. Se tratam portanto de calças cômodas e agradáveis de vestir, realizadas em tecido luminoso, que mantém no tempo o brilho das cores e resistem às lavagens.
 
 

 
Athletics wear nylon
O atletismo veste nylon
Um novo uso para um fio em poliamida em desempenhos super elevados: se chiama Raditek® Fine e até o momento foi utilizado sobretudo no âmbito aeronáutico, no mundo da vela e em para-quedas. Já pelo tipo de aplicação é claro que resistência mecânica à abrasão e à laceração são obrigatórios.

Porque não provar portanto a utilizá-lo para realizar calças de atletismo? Foi a idéia do RadiciGroup que, em colaboração com a empresa esportiva La Recastello, confeccionou uma calça para atletas: o nylon em contato com a pele é capaz de absorver o suor, assegurar a transpirabilidade, garantir o justo conforto, além de ser “levíssimo”.

A blusa e a camiseta para os atletas também são em nylon: a marca do fio RadiciGroup é Radilon®, com tecido Sensitive Fabrics® de Eurojersey. Também neste caso a peça garante ótima gestão da umidade e conforto em contato com a pele, fundamentais no caso de desempenhos esportivos de longa duração.
 
 

 
COLABORAÇÕES COM O MUNDO ACADÊMICO
 
Na firme convicção que os futuros designers não poderão descartar das suas escolhas estilísticas o conhecimento das matérias primas, o RadiciGroup assumiu uma estreita colaboração com o Politécnico de Milão, tornando-se parte ativa de dois workshops dentro dos cursos de Mestrado “Design para o Sistema da Moda” e “Fashion Design”, no ano acadêmico 2017/2018.
 
Sportswear
"Design para o sportswear"
Sete grupos de estudantes internacionais projetaram cada um uma malha para o Socorro Alpino Lombardo, incluindo primeira, segunda e terceira camadas, capacete e luvas, concentrando-se particularmente no casaco a alta visibilidade, dos quais realizaram os protótipos. Altos desempenhos os materiais, funcionalidade das peças, inovação tecnológica para uma comunicação mais eficaz nas situações de emergência: tudo para satisfazer melhor as exigências reais de um soccorredor alpino que os estudantes tiveram modo de conhecer pessoalmente graças à colaboração do CNSAS Lombardo.
 
 

 
UV protection
"Proteção UV e design de peça inovador"
Quatro grupos de estudantes internacionais projetaram cada um uma mini coleção de jaquetas destinadas aos velejadores amantes das regatas, seja competitivos que entusiastas. Escolheram os materiais que melhor respondessem à proteção dos raios UV mas também do vento, considerando a exposição à agua salgada. E enfim medidas que permitem facilidade de uso do chapéu (partes removíveis para serem lavadas, óculos de sol incorporados, fixação do chapéu à malha,…). Alguns grupos se direcionaram também ao inserimento de inovações tecnológicas que permitem a identificação do estado de saúde do velejador e eventualmente realizar automaticamente uma chamada de emergência. O RadiciGroup hoje oferece uma ampla gama de produtos adicionados com “proteção UV”, até um fator de proteção UPF 50+, disponíveis também na versão em massa tingida ou por r-PET, para proteger o corpo e ao mesmo tempo para reduzir o impacto ambiental das peças.
 
 

VESTUÁRIO MODA
 
Garments Made in Italy: fashion and sustainability
O vestuário Made em Italy: a moda e a sustentabilidade
O RadiciGroup, Eurojersey e Herno apresentam o primeiro, e único na Europa, estudo científico de sustentabilidade em uma peça de moda. Neste projeto pioneiro mapearam o impacto ambiental de uma jaqueta masculina Herno em todas as fases do seu processo de produção (da chamada “montanha” de matérias primas, à produção com polimerizzação, fiação, tecido e confecção, decidindo fazer do empenho de sustentabilidade um argumento de competitividade e economia circular).

A parceria nasceu justamente antes da lei n.221 de 28 de dezembro de 2015, que disciplina as disposições em matéria ambiental para promover medidas de “green economy” e conter o uso excessivo de recursos naturais. O esquema nacional voluntário para a etiqueta “Made Green em Italy” adota a metodologia para a determinação da impressão ambiental dos produtos PEF – Product Environmental Footprint. A metodologia PEF avalia os desempenhos ambientais de todo o ciclo de produção.

O projeto permitiu ao setor de produção:
  • Identificar o valor do Made em Italy do setor ao armário do consumidor, passando para todo o setor de produção;
  • Identificar a peça final Herno como 100% Made em Italy;
  • Declarar os desempenhos ambientais da peça ao consumidor final;
  • Confirmar a liderança italiana no setor têxtil da inovação tecnológica.
 
A metodologia multi-critérios aplicada neste estudo levou em consideração as seguintes categorias de impacto:
consumo de energia primária – mudanças climáticas - redução da camada de ozônio - acidificação – eutrofização aquática, marinha e terrestre – efeitos cancerígenos no homem – toxicidade não cancerígena no homem – ecotoxicidade – emissões de pós finos – radiações ionizantes – uso do solo – empobrecimento dos recursos minerais, fósseis e renováveis – empobrecimento dos recursos hídricos.
 
Entre os resultdos mais explicativos:
  • A realização da jaqueta fora da Europa haveria provocado 90% de emissões de CO2 a mais.
  • O COMIL (custo para o ambiente) da jaqueta realizada fora da Europa teria sido de 5,22 euros, em relação a 1,97 euros se feita na Itália (a jaqueta na China pode custar menos como produção, mas custa muito mais para o ambiente: 165% a mais em relação à jaqueta feita na Itália).
 
Os desempenhos da jaqueta Herno: transpirável – confortável – indeformável – não gera penugens – não gera dobras – longa duração – fácil manutenção.