Fibras sintéticas: no Brasil RadiciGroup redireciona seu negócio principal para o nylon. Suspende a produção de fibras acrílicas.

Também no Brasil RadiciGroup, hoje entre os líderes mundiais do setor de Nylon 6 e 6.6, redireciona seu negócio principal para o nylon (fibras sintéticas de PA), suspende as atividades produtivas de fibras acrílicas da marca Crylor® de Radici Fibras Ltda em São José dos Campos. Radici Fibras Ltda agora focaliza sua atenção nas fibras sintéticas de nylon, das quais RadiciGroup é líder indiscutível como produtor na América do Sul e Europa, e nas atividades de pesquisa finalizadas de possíveis projetos de conversão da planta na produção de fibras técnicas especiais e de precursor de fibra de carbono.

RadiciGroup, indústria diversificada nos setores de produtos químicos, de plásticos e fibras sintéticas, volta a concentrar as atividades produtivas de fibras sintéticas no Brasil com o nylon como negócio principal, suspendendo - a partir de 6 de janeiro de 2014 - a produzione de fibras acrílicas na planta brasileira Radici Fibras Ltda em São José dos Campos.

Para maiores informações, leia o Comunicado de Imprensa.

07 Janeiro 2014