Radilon® e Radistrong® marcam presença na Fakuma.

Depois dos encontros 2014 de Chinaplas e MSV, as nossas especialidades em poliamidas, RADILON® e RADISTRONG®, são protagonistas na FAKUMA, salão internacional de matérias plásticas, que chega este ano à sua 23.ª edição.

«Fakuma é para nós a segunda feira mais importante a nível global do setor, Cesare Clausi Business Manager Europe da área matérias plásticas de RadiciGroup. - «Trata-se de um evento de caráter internacional cuja centralidade está estreitamente ligada à importância estratégica que o mercado alemão tem para a nossa área de negócio. Em termos de vendas, a Alemanha é nosso primeiro mercado na Europa, é uma área que, este ano, mais uma vez, confirma os excelentes resultados atingidos em 2013.»

A área das matérias plásticas da RadiciGroup está presente na Alemanha desde 1998 com a unidade de produção Radici Plastics GmbH em Lüneburg, unidade à qual se juntam as sedes comerciais de Overath, Reutlingen, Viernheim e Hamburgo. Já certificada ISO 9001, ISO-TS16949 e ISO14001, graças aos esforços realizados para o melhoramento do desempenho energético e das políticas de redução dos custos ligadas ao consumo de energia, Radici Plastics GmbH obteve em 2013 a certificação ISO 50001. Um resultado importante no âmbito do compromisso ambiental da empresa.

SPECIALTIES DE NYLON E SUPORTE TÉCNICO NA PROJETAÇÃO DOS COMPONENTES DE PLÁSTICO…
São cinco os tipos de produtos nos quais a área das matérias plásticas da RadiciGroup concentra a sua atenção durante a Fakuma, tecnopolímeros cujo denominador comum é representado por caracteristicas de alta performance e reduzido impacto ambiental. Dos polímeros de cadeia longa de base PA6.10 e PA6.12 às specialties resistentes às altas temperaturas, até aos tecnopolímeros de alta performance ideais para a substituição de metais. 

«Os clientes são o ponto de partida de cada desenvolvimento nosso» - afirma Erico Spini, Marketing & Application Development Director de RadiciGroup Plastics - «por isso damos a máxima atenção ao suporte técnico que lhes podemos oferecer durante a fase de projetação dos componentes de plástico, sobretudo no caso da substituição de metais. Além de um suporte mais tradicional, conseguimos realizar cálculos estruturais que têm em conta, por exemplo, a orientação das fibras de vidro no produto. Esta abordagem permite associar as condições de injeção e a escolha dos produtos de injeção às características físico-mecânicas dos objetos. O resultado? Uma melhor correspondência entre a simulação e o comportamento real da peça plástica considerado para todos os efeitos como um composto.» 

Mais informações no COMUNICADO DE IMPRENSA.