A empresa Radici Novacips S.p.A. obtém a certificação EPD.

RadiciGroup alcança mais um objetivo de sustentabilidade: a certificação EPD, obtida por Radici Novacips S.p.A. - líder no setor de materiais plásticos do Grupo - graças a seu sistema de emissão e gestão das declarações de impacto ambiental de produtos.

Trata-se de um passo importante para o Grupo, um resultado que premia os fatores escolhidos por Radici no âmbito de seu “percurso sustentável”: a transparência, a objetividade e eficácia das ações, a avaliação rigorosa do impacto ambiental de seus produtos.

«A escolha de certificar o nosso sistema de emissão e gestão das declarações EPD representou certamente um desafio» - comentou Luigi Gerollaadministrador delegado dos setores químico e de materiais plásticos do RadiciGroup - «motivada pelo nosso desejo de atuar em modo transparente no mercado, como um parceiro sério e confiável. Somos uma realidade da indústria química e temos a responsabilidade, mais do que outros, de dedicar a máxima atenção à questão do impacto ambiental de nossos produtos. Uma atenção que conseguimos transformar em um plano de ação que, neste contexto particular, nos levará gradualmente a fornecer uma declaração de impacto ambiental para todas (ou quase todas) as nossas marcas históricas de tecnopolímeros.»

O resultado obtido hoje por Radici Novacips, ou seja, a obtenção da certificação EPD prevista e regulamentada pelo Sistema Internacional EPD®, um dos atores internacionais mais qualificados em matéria - foi o de dotar-se de um sistema convalidado e certificado por um órgão terceiro (Certiquality) para a emissão de declarações EPD coerentes com as regras de categoria de produtos (PCR) e confirmadas a nível internacional. Um sistema aplicável internamente para monitorar constantemente e melhorar o desempenho ambiental, as técnicas e os recursos qualitativos dos próprios produtos.

«Atualmente estamos preparados para fornecer aos nosso clientes informações confiáveis, verificáveis e comparáveis sobre o impacto ambiental de nossos produtos» - afirmou Cesare Clausigerente de negócios do setor de materiais plásticos do RadiciGroup na Europa - «dados avaliados e atribuídos em conformidade com um sistema certificado por órgãos independentes e baseado em métodos e regras padronizados. Durante esta primeira fase do projeto, elaboramos a declaração ambiental dos produtos Radilon® A e S, tecnopolímeros com base em nylon 6 e 6.6 e reforçados com fibras de vidro (com proporções variáveis de 25, 30 e 35%), produzidos em nossa sede italiana de Villa d’Ogna.» […]

A SUSTENTABILIDADE PARA O RADICIGROUP: UMA ABORDAGEM SISTÊMICA E RIGOROSA.  Quando se trata de sustentabilidade, apenas uma abordagem rigorosa e transparente pode representar uma ferramenta confiável para a inovação. É a partir desta convicção que o RadiciGroup, envolvendo toda a sua fileira industrial (produtos químicos e materiais plásticos, fibras sintéticas e não-tecidos), coloca no centro de sua atenção a avaliação precisa e sistêmica dos indicadores ambientais, econômicos e sociais de acordo com as diretrizes da organização GRI. São três as linhas principais de desenvolvimento da estratégia do RadiciGroup: biopolímeros, reciclagem pós-industrial e pós-consumo e concepção ecológica de produtos obtidos a partir de fontes tradicionais.

«Acreditamos que a concepção ecológica dos materiais desempenhe um papel decisivo em termos de sustentabilidade» - comenta Filippo Servallidiretor de comunicação e publicidade do RadiciGroup-. «Durante a fase de projeto de um produto, em conjunto com os elementos tradicionais tais como a rendibilidade econômica, estética, desempenho, etc., hoje como nunca é necessário considerar atentamente a variável ambiental. A garantia que um produto seja verdadeiramente sustentável depende primeiramente de sua concepção. É necessário, portanto, trabalhar para reduzir o seu impacto ambiental considerando todo o seu ciclo de vida, a partir da fase de projeto, quando o produto é apenas uma idéia.» […]

Maiores detalhes no COMUNICADO DE IMPRENSA